Profissional De Direito

A tecnologia está tornando o mercado da advocacia melhor ou pior?

Então é chegado o Século XXI, um século promissor, onde a tecnologia invadiu todos os locais e tem influenciado a todos, se fazendo assim, uma necessidade cada vez mais crescente ocasionada pelas facilidades que traz.

É difícil encontrar quem não se adapte facilmente às comodidades que essa nova era trouxe. Surgiram assim os novos conhecimentos, novos mercados, novos negócios, novas soluções, novas profissões e com isso novos profissionais. Profissionais estes que mesmo pertencentes ao grupo de profissões mais tradicionais, tiveram que se adequar ao novo.

Esse é um exemplo do profissional de direito.

A advocacia é uma das profissões mais antigas do mundo e que mesmo tendo todo um padrão estabelecido, sofreu grande influência na era tecnológica.

Cenário do século passado

Desde o surgimento da profissão, o profissional de direito teve o perfil pré-estabelecido.

Diplomático, inteligente, disciplinado, muitas vezes introspectivo, ético, de boa índole, geralmente elegante e acima de tudo um especialista, conhecedor da lei. Mantêm uma tradição caracterizada em seu ambiente de trabalho e postura pessoal e profissional.

Eis o perfil que durante muitos anos foi estabelecido pela sociedade. Um profissional que na maioria das vezes assumia casos de defesa ou acusação em processos criminais ou ainda cíveis. Em outros casos atendiam processos trabalhistas e ali se resumia a profissão.

Cenário atual: a modernidade do século XXI

E então chegou o novo século. Século das informações rápidas, século da globalização, de abrir os conhecimentos, de sair do livro, século das grandes independências, século dos grandes profissionais.

Profissionais estes que devido à nova tendência, se adequaram e ampliaram seu leque de objetividades. Novas leis surgiram, novos crimes, novos cuidados e assim novas necessidades. A gravata em muitos casos foi dispensada e o intelectual ainda mais aguçado foi requerido.

Hoje os advogados são profissionais liberais, que na grande maioria das vezes, têm que administrar seu próprio negócio, sendo assim um empreendedor do seu serviço.

Hoje até mesmo grandes escritórios de advocacia começaram seus negócios prestando serviços e agora expandiram seus os horizontes sabendo como administrá-los, tornando seus escritórios em grandes firmas ou empresas de advocacia.

Como imaginar toda essa expansão hoje sem o auxílio de computadores, softwares, internet, smartphones, entre outras inúmeras ferramentas nascidas dessa evolução?

Upgrade na rotina profissional

Não há como negar que a rotina de qualquer pessoa se tornou mais prática com a utilização dos acessórios tecnológicos. Chega da agenda de papel, bilhetinhos e recadinhos para não esquecer dos eventos. Os computadores, smartphones e tablets vieram mudar este cenário.

Para todos os profissionais a tecnologia se tornou ainda a maior aliada à obtenção de resultados satisfatórios no seu negócio. Na área advocatícia não foi diferente.

Imagine como era a vida do profissional com a quantidade de processos a serem controlados, visita a fóruns com dia e horários agendados em cadernos, petições transcritas à máquina de escrever, emissão de notificações e cobranças, postadas diretamente nas agências dos correios.

Hoje são gestores de processos virtuais, com alimentação automática de status, agendamento de audiências e sentenças publicadas automaticamente nas áreas de profissionais e clientes, conferências on-line, atendimento telefônico móvel, envios de SMS, compartilhamento nas redes sociais, agendas e despertadores eletrônicos, tudo para auxiliar na praticidade do dia a dia. É, realmente não tem como mensurar os benefícios obtidos atualmente.

Especialização em Direito Virtual: o advogado do século XXI

Além da facilitação do marketing pessoal desses profissionais, maior exposição de seu trabalho, maior assertividade na administração da sua rotina, a tecnologia contribuiu também para a inclusão de novos segmentos no direito.

Um segmento muito utilizado hoje dentro do direito são os Crimes Virtuais. Com o número cada vez mais crescente de usuários da web, também cresceu o número de crimes cometidos através deste canal.

Neste momento houve grande acentuação no papel desempenhado pelo advogado de direito virtual. Crimes como calúnia, insultos, difamação, divulgação de material confidencial, ato obsceno, apologia ao crime, discriminação, preconceito e pedofilia são os principais problemas enfrentados com o avanço da tecnologia, fazendo com que haja a necessidade de cada vez, ser mais crescente a necessidade de profissionais qualificados e especialistas nesse tipo de direito.

Uau… não tem como dizer que a tecnologia não está tornando o mercado de advocacia ainda melhor. Um profissional da área do direito contemporâneo está moldado para este novo momento e preparado para melhor atender seus clientes.

Se tiver alguma dúvida sobre estes e muitos outros assuntos relacionados ao empreendedorismo na área da advocacia, deixe seu comentário abaixo ou entre em contato. Amamos interagir com você!

Até breve!

 

REFERÊNCIAS:

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Venegas Contábil?

Somos uma Contabilidade em Campos Elíseos – SP, especialistas no seu negócio para ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @VenegasContabil

Sucesso e até logo.

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!


This Post Has One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *