Investir Em Produtos De Marca Própria

7 erros na gestão financeira de pequenas e médias empresas

Que as vendas são importantes para qualquer tipo de negócio ninguém duvida. Mas, a gestão financeira também é extremamente importante; assim como uma bússola é para um navio.

Imagine você estar navegando em alto mar sem uma bússola para te guiar… Seria bastante arriscado; não é verdade?

Dentro deste contexto, se você traçou um rumo para seu negócio e ainda não conseguiu chegar até ele, pode ter certeza de que algo está errado e é o momento de você repensar a maneira como as finanças estão sendo conduzidas, vez que qualquer erro nesta área compromete muito o correto funcionamento de seu empreendimento.

Pensando nisso, neste artigo foram selecionados os 7 erros na gestão financeira de pequenas e médias empresas. Confira e fique atento/a para não cometê-los em seu negócio!

      1-Não controlar as entradas e saídas de caixa com base nos principais conceitos sobre fluxo de caixa

Quando você controla o fluxo de caixa de sua empresa, você tem mais ciência sobre o contas a receber e a pagar, sabe quanto de dinheiro entrou na conta e por qual motivo e muitas outras questões.

Todas as informações reais e atuais que você obtém pela gestão do fluxo de caixa, são muito importantes para planejar o futuro de seu negócio.

    2-Não identificar se a empresa está gerando lucro ou prejuízo pela análise do DRE (Demonstrativo de Resultado do Exercício)

A fim de saber se o seu empreendimento está “navegando” para o lugar correto é preciso que você monitore o “mapa” constantemente. Isto significa que para saber se seu negócio está alcançado os objetivos propostos anteriormente você deve identificar pelo DRE se ele está dando lucro ou prejuízo.

Um dos principais erros na gestão financeira de pequenas e médias empresas está exatamente na falta de um Demonstrativo de Resultados do Exercício.

Tal ferramenta permite que você tenha um diagnóstico completo dos gastos do empreendimento e ainda indica se ele é lucrativo ou não. Além disto, o DRE te ajuda a compreender o por quê de determinada situação.

    3-Não ter controle de estoque

Se isto acontecer, você pode ter gastos emergenciais, mercadorias obsoletas, altos custo de armazenagem… Logo, o estoque de sua empresa deve estar sempre atualizado e registrado de acordo com as compras e saídas efetuadas.

   4-Não fazer projeções financeiras para identificar quais os melhores investimentos e planejar estratégias de crescimento

Todo empreendedor que realmente almeja o sucesso do seu negócio deve  fazer projeções para isto. As projeções financeiras te permite saber qual o próximo passo será dado para atingir determinado objetivo e identificar quais os melhores investimentos, bem como também planejar estratégias de crescimento.

   5-Não buscar aperfeiçoamento contínuo na área de finanças

Fique sabendo que o empreendedor que busca conhecimento e atualização constante na área de finanças seguramente consegue promover seu negócio e gera uma enorme vantagem competitiva.

Por outro lado, o empreendedor estagnado está muito propenso a colocar as finanças da empresa em sérios apuros!

Afinal se, por exemplo, você não tiver informações sobre despesas e custos não conseguirá definir uma política de preços coerente; o que o impossibilita de fazer qualquer tipo de planejamento e economia, e muito menos realizar uma boa gestão financeira.

    6-Não manter um fundo de reserva para demissões de colaboradores

É fato que a empresa que tem funcionários também pode precisar demiti-los em algum momento. Por isso é importante manter um fundo de reserva para pagamento de todos os direitos trabalhista nestas situações.

    7-Confundir finanças empresariais com finanças pessoais

Este é outro erro grave de gestão financeira de pequenas e médias empresas!

Usar finanças empresariais para suprir necessidades pessoais te impede de obter informações reais sobre seu caixa tornando tudo confuso e gerando desencontro de informações. O correto é estabelecer um valor fixo de pró-labore e retirá-lo conforme acordado.

Portanto, faça de tudo para não cometer erros na gestão financeira de seu negócio. Um controle de finanças quando bem administrado é essencial para o crescimento e é a peça chave para determinar o sucesso ou o fracasso de seu empreendimento.

E você? Considera importante a gestão financeira nas pequenas e médias empresas? Comente!

Até a próxima!

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Venegas Contábil?

Somos uma Contabilidade em Campos Elíseos – SP, especialistas no seu negócio para ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @VenegasContabil

Sucesso e até logo.

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *