Associados Advocacia

5 livros que todo advogado deveria ler

A leitura é algo que faz parte da vida de todo advogado, já que Leis, direitos e deveres estão sempre em constante mudanças, cabendo assim, a esse profissional, estar sempre atualizado com os temas associados à advocacia.

Há muita literatura de valor nesse sentido, seja com clássicos, best-sellers, em formato de prosa ou até mesmo aqueles livros de teatro, a grande verdade é que os advogados autônomos ou não, precisam fazer da leitura uma rotina agradável, para a expansão de maiores conhecimentos.

Há em uma grande lista de livros para advogados, uma seleção de pelo menos, 5 literaturas capazes de fornecer um grande aprendizado ao profissional de Direito.

Conheça agora um pouco mais de 5 obras-primas literárias que o auxiliarão em sua carreira como advogado!

  • O Sol é para todos –

Esse com certeza é um dos melhores romances da área legal. E foi escolhido por ter recebido 46% de votos, realizado por uma pesquisa feita pela Robert Half com os profissionais de Direito. Portanto, é uma indicação dos próprios mestres da área e por isso, merece atenção e engajamento na leitura.

Este livro foi vencedor de um Prêmio Pulitzer em 1960, e ainda hoje, mesmo depois de tanto tempo, ainda é lembrado como um grande clássico, indispensável a leitura.

O livro conta a história de um homem de cor negra que foi acusado de ter estuprado uma mulher branca nos EUA, no ano de 1930. O tom da narrativa é baseado em racismo e injustiça, além também de mostrar fatos de importância como, postura ética, inteligente e corajosa. A autora é Harper Lee e a editora José Olympio.

  • O Processo –

Principalmente para os advogados da área criminal, esse é um livro que deve ser colocado na cabeceira da cama.

A história conta sobre uma pessoa que é processada e que não sabe o motivo. Abordando, portanto, o absurdo em que um indivíduo, seja ele de qual for o sexo, seja processado, sem que para isso exista qualquer plausibilidade.

O livro trata de injustiças e falta do direito de defesa. O autor é Franz Kafka e a editora Companhia de Bolso.

3- A Firma –

Quem não está acostumado com a vida de trabalho e pressão dentro dos escritórios de advocacia, se impressionará com esse livro.

E apesar de ter sido escrito no começo dos anos 90, esta literatura é considerada como um dos melhores romances da área legal, principalmente porque retrata ainda hoje, o cotidiano de muitas firmas de direito. O autor é John Grishan e a editora Rocco.

4- A verdade sobre o caso de Harry Quebest

O livro foi escrito por um jovem escritor suíço, chamado de Joel Dicker e relata a história de uma adolescente de 15 anos, que acaba se apaixonando por um homem de 30 (escritor).

A questão é que essa moça é assassinada e só encontram o corpo dela depois de 33 anos em que se dá o seu desaparecimento. Segundo vários leitores, esse é um livro que traz alguns “clichês”, mas que vale a pena ser lido, por conta das fortes indagações feitas e que relembra aos advogados, o quanto é vital questionar. O tema é tenso, mas que também traz como “pano de fundo” uma história de amor. A editora é a Intrínseca.

5- Acima de qualquer suspeita

Excelente história sobre tribunal. Sendo o primeiro best-seller do escritor Scott Turow. O escritor também é autor de outro muito famoso; “O primeiro ano – como se faz um advogado”. O livro “Acima de qualquer suspeita” retrata a história de um promotor público que inicia uma investigação sobre o assassinato de uma advogada. A editora é a Record.

Você como advogado ou como estudante de direito, já leu algum desses?

Se não, ótima leitura! Se sim, que tal ler novamente?

Pense nisso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *